Noruega é 1º país a vender mais carros elétricos do que tradicionais

Próximo grande update do Windows 10 chega em maio
5 de abril de 2019
Lucros da Samsung caem no primeiro trimestre do ano
5 de abril de 2019

Noruega é 1º país a vender mais carros elétricos do que tradicionais

O país é o primeiro do mundo a conquistar essa marca, e mostra como incentivos do governo são importantes para conquistar esses números

No mês passado, os carros elétricos atingiram uma marca significativa na Noruega, representando 58% das vendas e superaram os números de modelos movidos a combustível fóssil, segundo Christina Bu, secretária-geral da Associação de Veículos Elétricos do país. Os números refletem o desejo da nação de se afastar de veículos movidos a combustíveis fósseis – com a ajuda de incentivos lucrativos do governo para proprietários de veículos elétricos.
O modelo de mercado de massa da Tesla, o Model 3, é o mais popular, respondendo por quase 30% das vendas de veículos de passageiros novos, segundo o Conselho Norueguês de Informações para o Tráfego Rodoviário (OFV). Entretanto, até o final de março foram registrados pela OFV 18.395 novos carros novos, sendo que desses 10.732 são classificados dentro do quesito de emissão zero, representando um total de 48,4%.  

“A Noruega mostra ao mundo todo que o carro elétrico pode substituir aqueles movidos por gasolina ou diesel e contribuir relevantemente com a briga pela redução na emissão de CO2”, diz Bu em comunicado.

A previsão é de que ao longo do ano de 2019 os números aumentem e as vendas seja ainda maiores. Os incentivos do governo continuam surgindo, sendo de custos de impostos de importação e de taxas sobre burocracia de registro reduzidos, permissão aos proprietários para não pagarem pedágios e para usarem a faixas de ônibus em centros urbanos congestionados. No entanto, as vantagens devem ser eliminadas em 2021. Segundo o parlamento, em 2025 toda a frota já seja elétrica.

A China, que é o maior mercado automobilístico do mundo, também forneceu grandes incentivos à medida que tenta limpar o problema de poluição do ar e conquistar a liderança em novas tecnologias. O país já conquistou um aumento de cerca de 61% nas vendas no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.