Demi Lovato anuncia que fará mais uma pausa nas redes sociais
4 de julho de 2019
Sandy e Junior divulgam primeira imagem do palco da turnê de retorno da dupla
4 de julho de 2019

Em entrevista, pai de Avicii diz acreditar que o DJ não planejou o suicídio

Músico foi encontrado morto em abril de 2018, em um quarto de hotel em Mascate, Omã

Em uma entrevista para a CNN nesta quarta-feira (3), o pai de Avicii, Klas Bergling, falou sobre a morte do filho e revelou não acreditar que o DJ tenha planejado cometer o suicídio.

De acordo com ele, a família entende que muitos fatores podem ter levado o músico à fatalidade, principalmente, a vida que levava como artista. “Nossa teoria é que ele não planejou o suicídio, foi mais como um acidente de percurso. Muitas coisas aconteceram ao mesmo tempo, por assim dizer, tirando-o de seu controle”, disse Klas.

“Quando ele estava em uma situação ruim, ele sempre me ligava. Nós conversávamos muito sobre seus pensamentos sobre a vida, seus pensamentos sobre meditação, amor… Tivemos longas conversas, geralmente por uma hora ou mais”, acrescentou.

“Se você está muito feliz ou extremamente feliz, não é muito longe de estar infeliz… pequenas coisas podem te deixar triste ou te desequilibrar, e acho que foi isso que aconteceu”, continuou. “Como DJ ou artista, você tem que fazer várias coisas que não quer, no final, isso tira parte de você. Tira muito dessas pessoas, as viagens, as esperas no aeroporto, as madrugadas. Ele começou a perceber que não estava se sentindo bem quando chegou lá em sua carreira”, concluiu o pai do músico.

Avicii foi encontrado morto, aos 28 anos, no dia 20 de abril de 2018 em um quarto de hotel, em Mascate, Omã, no Oriente Médio. Segundo informações do TMZ, o músico teria utilizado um pedaço afiado de vidro para fazer diversos cortes em seu pescoço e punhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.