CyanogenMod pode se tornar o 3º maior sistema operacional móvel

FESTA DA SOLIDARIEDADE
27 de março de 2015
Divertida Mente ganha novo e fofo trailer
27 de março de 2015

CyanogenMod pode se tornar o 3º maior sistema operacional móvel

Em apenas 18 meses , a Cyanogen, desenvolvedora da ROM modificada do Android, arrecadou mais de US$ 110 milhões. A última rodada de investimento levantou US$ 80 milhões de investidores como Twitter Ventures, Qualcomm e Rupert Murdoch.

20150130173556_660_420 20150130173556_660_420

Os investidores acreditam que a empresa tem a maior chance de ser o terceiro maior sistema operacional móvel, ficando atrás apenas do Android e do iOS. O CEO da Cyanogen Kirt McMaster, afirmou recentemente que deseja tomar o lugar do sistema do Google no futuro.

Um Android livre

O CyanogenMod conta com várias ferramentas que a maioria dos celulares não possuem, além de permitir novos recursos que não são atualizados pelos fabricantes. Em mercados como a China, onde o Google deixou de atuar há 5 anos por problemas com a censura do governo, a maior parte dos sistemas operacionais são versões baseadas no projeto Open Source do Android. E é esse o mercado que a Cyanogen quer atingir.

Por que escolher o Cyanogen?

Os fabricantes de dispositivos que adotam o versões modificadas do Android são responsáveis por fazer suas próprias correções de segurança, criando máscaras da interface e outros serviços.

Grandes empresas como a Xiaomi, possui recursos disponíveis para realizar a tarefa. Mas para outros fabricantes de aparelhos a ideia de manter, otimizar e personalizar um sistema operacional para vários dispositivos – e ter em mente de que a maioria deles devem custar pouco ou não serão vendidos  – não é algo que podem dar ao luxo de fazer.

A Cyanogen, no entanto, tem a expertise com o Android é capaz de personalizar a experiência para que o sistema rode bem em diferentes tipos de hardware. O que a empresa oferece é uma versão atraente, atualizada e personalizada do Android que irá trabalhar com os serviços que o usuário desejar.

Via Mashable

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.