CES 2019: evento é a nova vítima da paralisação do governo Trump

Até o momento, entidade que controla e organiza a CES informou que 10 palestrantes que trabalham para o governo dos EUA tiveram que cancelar suas aparições

A paralisação do governo dos EUA – causada pelo impasse entre democratas e o presidente Donald Trump envolvendo o financiamento de um muro na fronteira com o México – fez mais uma vítima: a edição 2019 da CES. Isso porque diversos presidentes e diretores de importantes órgãos públicos norte-americanos estão cancelando a sua participação no evento.

Até o momento, a Consumer Technology Association (CTA), entidade que controla e organiza a CES, informou que 10 palestrantes que trabalham para o governo dos EUA tiveram que cancelar suas aparições, entre eles, está Ajit Pai, chairman da poderosa Federal Communications Commission (FCC), órgão que regulamenta as telecomunicações no país.

Além de Pai, outros nove executivos, entre diretores e presidentes de agências governamentais também tiveram de cancelar suas aparições. Entre eles, estão Brendan Carr, comissário da FCC. Brandon Bray, da Agência de Proteção Ambiental, Rohit Chopra, Comissão Federal de Comércio, Andre Hentz, Departamento de Segurança Interna e Daniel Kaniewski, da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências.

Ainda segundo a CTA, não há planos para substituir os palestrantes por outras programações.

Paralisação pode durar mais de um ano

Na última sexta-feira (04/1), Trump disse que estava disposto a deixar a paralisação durar meses ou até mais de um ano. Isso pode afetar muito mais do que uma feira, com centenas de milhares de trabalhadores federais ficando sem pagamento e várias agências federais atrasando seu trabalho junto ao público norte-americano.

No que tange ao setor de telecom, a maioria dos funcionários da FCC está de folga, o que significa que eles estão de licença não remunerada até que a paralisação termine. Pai e outros quatro comissários da FCC ainda estão em atividade, mas suas viagens estão restritas devido ao financiamento limitado.

Este será o segundo ano consecutivo em que Pai cancelou uma aparição na CES. No ano passado, o presidente da FCC evitou o evento, uma vez que ele teria recebido ameaças de morte. 

Check Also

YouTube Premium vale a pena? Veja os prós e contras do serviço por assinatura YouTube …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.