sexta-feira , 27 Abril 2018
Últimas

Caribe – Aruba e Curaçao

Inicialmente, se cumpre dizer que ficamos um pouco apreensivos, pois em data próxima a nossa viagem (em torno de uma semana antes) foi anunciado um furacão que visitaria e devastaria o Caribe. O furacão Irma.


Então, fomos informados que a parte do Caribe que visitaríamos estava a milhares de quilômetros de distância da área que seria atingida. Para ser mais precisa, visitamos duas das ilhas ABC, como são conhecidas Aruba, Bonaire e Curaçao. Ilhas bem próximas localizadas na costa da Venezuela.
Adorei quando fui convidada a escrever sobre essa viagem ao Caribe!! Além de ser um lugar paradisíaco, que, realmente todo mundo precisava conhecer um dia, eu, particularmente, virei fã de carteirinha.
Nunca fui muito fã de praia e de programas praianos, não gosto de tomar sol e tampouco de ficar coberta de areia. Mas se eu disser que no Caribe é diferente e que todo mundo que tiver a oportunidade de conhecer vai se apaixonar? Eu me apaixonei! Moraria lá com facilidade.
Águas transparentes, uma areia translúcida e limpeza. Não falo só da conservação da natureza, há uma limpeza reinante que não condiz com a ideia de praia que temos aqui.
Não existe vendedores ambulantes, quem quiser uma bebida pode caminhar até o quiosque mais próximo, que, geralmente, não é muito próximo. Não há lixo no chão! Inclusive quando tiver que jogar algo no lixo, terá que guardar junto a seus pertences para quando houver uma lixeira por perto.
Todo mundo tem que caminhar muito para fazer qualquer coisa! Os hotéis oferecem uma infraestrutura impressionante. São muitas piscinas, muitos restaurantes e muitos bares nas piscinas…. Tudo lindo e imenso.
São tantos programas oferecidos, que a gente fica meio bobo sem saber o que fazer. Você pode escolher entre um passeio de submarino, um passeio de jet-ski, um passeio de lancha, ou simplesmente ficar confortável em uma das piscinas com drinks refrescantes.
Os mais aficionados por esportes têm a opção de Snorkel, wakeboard e flyboard! O que, definitivamente, está longe das minhas preferências, talvez um dia eu pratique stand up paddle.
Além dessas delícias tropicais, é interessante dizer que você se vê inserido em uma cultura completamente diferente. Já estive em outros destinos turísticos internacionais e fui bem tranquila quando soube que uma das línguas oficiais era o espanhol.
Mas as Antilhas holandesas, que foram aquelas que visitamos, Aruba e Curaçao; tem uma população trilíngue, para dizer o mínimo…
Um dos funcionários do hotel me contou que a maioria fala, pelo menos, 10 línguas.
Em Aruba se tem uma língua própria, que é a língua oficial juntamente com o holandês. É uma língua crioula derivada do português e de línguas africanas com algumas influências de línguas indígenas da América, inglês, neerlandês e espanhol. O “papiamento” apresenta pequenas variações nas ilhas onde é falado, considerados dialetos.
Particularmente, se fosse me dada a incumbência de escolher entre os dois países, Aruba e Curaçao, escolheria Curaçao. Por preservarem a influência latina, valorizarem os costumes. Aruba é mais norte-americanizada, pois, ainda tive a impressão, que os EUA se consideram donos, acredito que devem ter imóveis para veraneio e devem frequentar mais que o “resto” dos seres humanos.
Eles possuem, inclusive, um terminal de aeroporto só deles. Ao lado há um terminal para o “resto” (foi o termo usado por um taxista que nos conduziu)… Nós que também somos americanos e somos incluídos no “resto” temos esse tipo de tratamento.
Outra particularidade adorável das ilhas foi a presença das iguanas. Em meu primeiro encontro com uma delas fiquei assustada, saí correndo apavorada de medo enquanto a “bichinha” ficou impassível, parada, apenas observando!
Para mim aquilo era um lagarto gigante! Mas, no decorrer dos dias fiquei habituada… Vimos outros turistas alimentando algumas… a gente se habitua a começar a conversar com elas, são tão frequentes e simpáticas.
Perdi um pouco da simpatia quando perguntei se as crianças tinham em casa como bichinho de estimação e ouvi a resposta que não, na realidade elas já faziam parte da alimentação deles… parece que utilizam a iguaria nas sopas.
Em Aruba a alimentação é completamente ao estilo Tio Sam… ovos de todos os jeitos logo pela manhã, acompanhados de bacon e outras iguarias gordurosas…
Também havia frutas e algumas opções mais saudáveis… tipo, o bom e velho bauru ou misto quente…
Outra coisa que foi surpreendente foi a tolerância deles a altas temperaturas… Fazia muito calor na maioria dos dias, mas dentro do hotel geralmente havia um ar condicionado ligado em uma temperatura inferior a 20 graus (creio que em torno de 10 graus).
Ok, respeito o calor alheio, mas eu estava sempre com frio ou com muitas roupas de verão para não passar frio…
O hotel oferecia cadeiras muito confortáveis espalhadas por todos os lados, era só escolher seu lado do paraíso e lá ficar…
Essa imagem é da praia que havia em frente ao hotel Santa Barbara Beach Resort em Curaçao, Palm Beach; eu e meu pai a adotamos como nosso porto seguro!
Meu irmão e minha mãe saíram para conhecer outras praias e fazer turismo na ilha, mas preferimos ficar tranquilos curtindo esse cantinho de beleza.
Sugiro a quem tiver interesse em conhecer, que separe, no mínimo, 10 dias para poder realmente aproveitar! Principalmente, se for visitar mais de uma ilha.
Fizemos a viagem em 7 dias, achando que seria suficiente; mas na realidade, para curtir de forma mais confortável, merecia um pouco mais de tempo.
Estivemos no intervalo de 12 dias em 3 países diferentes, além do Brasil, pois fizemos escala em Bogotá, na Colômbia. E isso acabou nos exaurindo um pouco, dada a incumbência de ter que passar em aeroportos e alfândegas de países diferentes.
Além disso, não tenho mais nenhuma ressalva! Ficaria lá por meses se me fosse dada a possibilidade!
Quando parei para selecionar fotos para essa matéria me impressionei, de novo, com a beleza do lugar… são tantos tons de azul em um mesmo cenário! Tudo lindo! Já estou com saudades!

Geórgia Coletty

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*